fbpx

Como Utilizar Óleos Essenciais

Como Utilizar Óleos Essenciais

Uso seguro


Tradicionalmente, certos métodos de aplicação de óleos essenciais têm sido preferidos e utilizados de maneira exclusiva. No entanto, à medida que a pesquisa em torno dos óleos essenciais continua a se desenvolver, há uma compreensão maior dos métodos de aplicação. Todos os métodos são seguros quando usados adequadamente, incluindo os aromáticos e tópicos. Um ou vários métodos de aplicação podem ser usados para uma ampla gama de aplicações de bem-estar emocional e físico. Pode se utilizar um único óleo de cada vez ou misturas complexas, em um dos seguintes métodos:

Aromático

O sentido do olfato é uma ferramenta que pode promover respostas fisiológicas, mentais e emocionais poderosas. Os óleos essenciais são rapidamente absorvidos pelos receptores nasais, que têm uma ligação direta ao sistema límbico por meio do nervo olfativo. O sistema límbico é uma parte do cérebro que possui uma variedade de funções, incluindo cheiro, emoções, comportamento e memória. Por este motivo, os óleos essenciais têm um efeito poderoso através da aplicação aromática.

Alguns óleos essenciais promovem efeitos estimulantes ou revigorantes, enquanto outros são mais calmantes. A difusão é um dos métodos mais simples para o uso aromático dos óleos essenciais. Os aromatizadores que utilizam ar frio ou água são ideais. No entanto, o uso de óleos essenciais aromáticos não requer nenhum dispositivo especial de difusão.

Podem-se obter os mesmos benefícios para a saúde simplesmente colocando-se algumas gotas de óleo essencial na palma das mãos e posicionando-as em forma de concha sobre o nariz, enquanto se respira profundamente.

Tópico

A aplicação tópica é um método muito eficaz para a utilização dos óleos essenciais. Como eles têm pesos moleculares baixos e são lipossolúveis, penetram facilmente na pele. Uma vez absorvidos, eles permanecem na área aplicada para um benefício localizado. Embora os óleos essenciais sejam facilmente absorvidos, há muitas maneiras de se aumentar sua absorção. O uso de uma massagem leve aumentará o fluxo sanguíneo para a área de aplicação, melhorando a distribuição em todo o corpo. O uso de um óleo vegetal também aumenta a absorção, especialmente na pele seca ou escamosa, pois ajuda a hidratar a pele e a retardar o tempo de evaporação do óleo. Para diminuir a probabilidade de desenvolver uma sensibilidade, especialmente em pele jovem ou sensível, é aconselhável usar um óleo vegetal (como o óleo de coco fracionado) para diluir os óleos mais potentes, principalmente quando se experimentar um óleo pela primeira vez. Normalmente, a proporção de diluição recomendada é uma gota do óleo essencial para três gotas de óleo vegetal. É sempre aconselhável usar várias doses pequenas ao longo do dia em vez de uma única dose grande. Comece com a menor dose possível (1 a 2 gotas). Uma dose tópica pode ser repetida de cada 4 a 6 horas, conforme necessário. Como cada indivíduo tem suas peculiaridades, a dose poderá variar de acordo com o tamanho, idade e estado geral de saúde de cada pessoa.

Áreas benéficas onde você pode aplicar os óleos essenciais

  • Pescoço
  • Fronte e têmporas
  • Peito e abdômen
  • Braços, pernas, planta dos pés

Outros métodos efetivos de aplicação tópica

  • Adicione algumas gotas de óleo a um banho quente
  • Faça uma compressa quente ou fria mergulhando uma toalha ou um pano na água com óleos essenciais e, em seguida, aplicando na área desejada
  • Adicione óleo a uma loção ou hidratante e aplique sobre a pele
  • Áreas sensíveis a evitar:
    • Algumas áreas faciais, como a pele ao redor dos olhos
    • Olhos e ouvidos internos
    • Pele rachada, lesionada ou ferida

Interno

Certos óleos essenciais têm uma rica história culinária e podem ser usados ​​como suplementos dietéticos que suportam uma variedade de condições saudáveis. Quando você polvilha canela em sua farinha de aveia, bebe uma caneca de chá de hortelã ou adiciona folhas de manjericão fresco ao seu espaguete, na verdade você está consumindo alguns compostos voláteis de óleos essenciais aromáticos. O óleo essencial contribui com muitos benefícios à saúde, bem como propriedades aromatizantes e aromáticas aos alimentos. Quando em sua forma concentrada, os óleos essenciais podem ser usados ​​como suplementos dietéticos para benefícios de saúde mais direcionados e potentes. O uso interno é um método de aplicação muito seguro e eficaz devido aos sofisticados processos fisiológicos de nossos corpos. Quando ingeridos, os óleos essenciais entram diretamente na corrente sanguínea através do trato gastrointestinal, onde são transportados pelo resto do corpo. Óleos essenciais são lipossolúveis, portanto, são facilmente transportados para todos os órgãos do corpo, incluindo o cérebro. Então, como todas as coisas que consumimos, os óleos essenciais são metabolizados pelo fígado e outros órgãos e são excretados. A composição dos óleos essenciais é altamente complexa. Cada constituinte possui um conjunto único de propriedades bioquímicas que reagem com células e órgãos de diferentes maneiras. Embora esses mecanismos de ação não sejam completamente compreendidos, os resultados finais positivos foram demonstrados. No entanto, o corpo só está equipado para lidar com doses apropriadas de óleos essenciais. A dosagem adequada de acordo com as recomendações de rotulagem e outras diretrizes profissionais deve ser estritamente seguida para evitar toxicidade. Métodos eficazes de aplicação interna Use óleos em receitas para cozinhar ou assar para substituir ervas e especiarias frescas ou secas Lembre-se que os óleos essenciais são muito mais potentes do que ervas e especiarias secas ou frescas, por isso comece com uma quantidade muito pequena Para óleos mais potentes, pode ser melhor administrá-los por palitos de dente (mergulhe a ponta de um palito limpo no óleo e adicione à comida) em vez de gotas Adicione óleos essenciais à água, smoothies, leite, chá ou outras bebidas Tome óleos essenciais internamente em uma cápsula vegetariana ou adicione uma pequena quantidade de maçã ou iogurte